Lokis (Lokis. Rekopis Profesora Wittembacha) 1970

Edmund Fetting interpreta Wittembach, um Pastor em viagem através da Estónia para fazer uma pesquisa sobre o folclore local. Num comboio ele conhece uma velha condessa (Zofia Mrozowska) que o convida para o castelo da família. O seu filho, um jovem conde (Józef Duriasz), é um homem pálido que age de modo estranho, mas é bem educado com os convidados. Ele parece ter uma aversão a animais de pequeno porte e coloca-os em gaiolas. No castelo, Froeber, um médico (Gustaw Lutkiewicz) toma conta da condessa, que está cada vez mais louca. Conta ao pastor que os aldeões acreditam que ela foi violada por um urso, e que o jovem conde é fruto dessa violação…

Não esperem encontrar aqui um urso louco (ou uma espécie de urso-homem) a matar pessoas. “Lokis” está muito longe de ser um filme de terror tradicional. É atravessado por um ambiente de terror, mas é mais um drama, obscuro, sobre uma família disfuncional no campo. O mais interessante do filme, é toda a atmosfera de horror que nos causa arrepios. O espectador sente que há algo de errado o tempo todo, mas apenas na última meia hora as personagens se tornam mais violentas e ficamos a saber a verdade. É interessante como o pastor permanece no seio da família mesmo depois de começar a odià-la, só se preocupando com os livros raros na sua coleção, e como o médico fica cada vez mais cínico, fingindo que nada está errado – mas a brincar com as pessoas como se os personagens estivessem num tabuleiro de xadrez.

Os últimos minutos são os mais assustadores, com uma sequência final amaldiçoada – muito triste  emocionalmente, porque nos mostra a crueldade da humanidade.

Realizado pelo polaco Janusz Majewski, seria o primeiro filme a vencer em Sitges, embora ex-áqueo com Necrophagus, de Miguel Madrid.

Legendado em inglês.UploadheroPutlockerImdb

Be the first to comment

Leave a Reply

Tu dirección de correo no será publicada.


*